biografia

Desenhando um Mundo melhor

designing a better World

José Romano nasceu em Lisboa, em 1972 e cresceu entre Portugal e Macau. È licenciado em Arquitectura pela FA (1995) e mestre em construção pelo IST (2002). Desde 2016 é doutorando em Ciência Política no ISCTE IUL, desenvolvendo tese sobre “a Participação Politica em Portugal pós-Troika”. Entre 1995 e 1999 trabalhou em diversos ateliers de arquitectura: “Berger Lda”, com Francisco Berger, nos projectos do palácio Marim Olhão e e o palácio Nacional de Sintra, “Vão Arquitectos Associados”, com João Morais, no Plano de Pormenor do Montijo, “Contemporânea”, com Manuel Graça Dias e Egas José Vieira nos projectos da Torre da Galp para a Expo 98 e nos cinemas Medeia em Cascais, e ainda na “Arsuna”, com Flávio Tirone, nos projectos do Coliseu do Porto, Teatro Campo Alegre, Casa de Serralves, Teatro Camões, Teatro Julio Verne, Teatro Olga Cadaval, Cine-teatro de Famalicão e os projectos cénicos para a “Expo 98” . Em 1999 fundou a “José Romano arquitectos lda”, onde tem desenvolvido projectos de teatros, fábricas, hotelaria, restauração e habitação. Escreveu para as revistas “Traço”, “Construir” e “Arquitectura e Vida”. Em 2009 fundou e foi director da revista “Arquitectura 21”. É autor de diversos artigos publicados nos principais jornais portugueses e dos livros: “Edifícios em Altura: Forma, Estrutura e Tecnologia” (Livros Horizonte/2004); “Taekwondo: o caminho dos pés e das mãos” (Editora Nascente/2020). Em paralelo com a actividade de arquitectura sempre desenvolveu actividade cívica e politica. Ocupou vários cargos dirigentes do movimento estudantil no ensino secundário e superior, participou na contestação à lei das propinas, na Associação 25 de Abril e em diversas associações desportivas. Esteve nas direcções de campanha de João Soares à CM Lisboa em 1997 e 2001, de Jorge Sampaio à Presidência da República em 1996 e 2001. Em 1995 promoveu os “Estados-gerais por uma Nova Democracia” e o “Congresso Portugal que Futuro?”. Em 2004 presidiu à comissão executiva do “1º Congresso da Democracia Portuguesa”. Em 2005 esteve candidato à presidência da Câmara Municipal de Mafra. Entre 2005 e 2009 esteve vereador na CM Mafra. Em 2014 e 2015 esteve na comissão executiva do “Congresso das Alternativas” e no “Congresso da Cidadania”. Em 2016 esteve director de campanha presidencial do Prof. Antonio Nóvoa. Desde 2020 que desempenha funções de assessor do Vice-Presidente da Câmara Municipal de Lisboa, João Paulo Saraiva. È praticante de taekwondo desde 1985, tendo a graduação de cinto negro, Mestre (5º dan WT). Como atleta tem diversas medalhas em provas nacionais e europeias. Como treinador da sua equipa e da Selecção Nacional de Portugal, destacam-se as medalhas de bronze no Campeonato da Europa de Cadetes (2015) e o 5º lugar no Campeonato do Mundo de Cadetes (2015). Em 2013 criou o seu próprio Dojang, Clube do Parque, em Lisboa, onde diariamente conduz treinos e se prepara. É Fundador da Federação Portugal Taekwondo e está Presidente da sua Assembleia Geral.

%d bloggers like this: